Playlist da semana,  Vida

Músicas da semana – O retorno – #14

Viver sem música não dá. Eu tentei, juro, mas não consegui.

Volto com a playlist da semana, dessa vez com um misto entre indie, folk músicas felizes com melancólicas – a minha vida é dualidade, então o gosto musical acompanha essa toada.

Curta o retorno com Take The Town, uma playlist que antecede minhas férias.

Não vejo a hora de tirar férias porque preciso descansar um pouco o corpo e a mente – cheguei num ponto em que o trabalho em si, de todo dia, me dá a sensação de estafa, o que acaba gerando uma ansiedade absolutamente desnecessária de resolução… E trabalho que é feito às pressas sai “nas coxas” e se não fica perfeito dentro da minha concepção de entrega, vem a frustração.

É tipo a música da velha a fiar: estava a Carol a fiar, veio a ansiedade lhe fazer mal. A ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a ansiedade em seu lugar, veio a frustração lhe fazer mal. A frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a frustração em seu lugar, veio a autopiedade lhe fazer mal. A autopiedade na frustração, a frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a autopiedade em seu lugar, veio a compulsão lhe fazer mal. A compulsão na autopiedade, a auto piedade na frustração, a frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a compulsão em seu lugar, veio a síndrome do impostor lhe fazer mal. A síndrome do impostor na compulsão, a compulsão na autopiedade, a autopiedade na frustração, a frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a síndrome do impostor em seu lugar, veio a culpa lhe fazer mal. A culpa na síndrome do impostor, a síndrome do impostor na compulsão, a compulsão na autopiedade, a autopiedade na frustração, a frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol a fiar.

Estava a culpa em seu lugar, veio a tristeza lhe fazer mal. A tristeza na culpa, a culpa na síndrome do impostor, a síndrome do impostor na compulsão, a compulsão na autopiedade, a autopiedade na frustração, a frustração na ansiedade, a ansiedade na Carol e a Carol cansou e precisa cuidar da saúde mental.

Preciso de descanso para começar a cuidar da minha saúde física também, já que meus problemas nos dentes pioraram e meu físico também tem ficado bem instável, com um ganho de peso absolutamente inexplicável – a despeito da minha autoindulgência durante crises de compulsão.

Portanto as férias vão chegar e com elas também, possivelmente, mais atualizações, já que agora poderei me dar esse prazer diário de escrever no blog (suspiros).

Aguardem novos conteúdos também e um monte de novidades.

Que venham as férias, o cuidado e coisas boas.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 3
Músicas da semana – O retorno – #14

Um docinho de pessoa, até que se prove o contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *